Todo aparelho de celular tem um tempo de vida útil, não importa qual seja a marca (até mesmo o iPhone). Afinal de contas, as peças não vão durar para sempre, não é mesmo? Por isso, será necessário trocar de iPhone em alguma oportunidade. Mas você sabe qual é o momento adequado?

Saber a hora certa de trocar o seu aparelho pode ser uma decisão complicada, já que estamos falando de um dos smartphones mais caros do mercado, e para algumas pessoas não é tão simples fazer essa troca.

Quer saber como identificar se está precisando de um iPhone novo? Fique atento às dicas que vamos te passar agora!

Ele está perdendo o valor

Com o passar do tempo, qualquer item começa a perder o valor de mercado e com o iPhone acontece o mesmo, especialmente porque novos modelos são lançados com certa frequência e isso “desvaloriza” o modelo anterior.

Vamos a um exemplo: digamos que você acabou de comprar o mais novo modelo de iPhone que existe no mercado e isso em termos financeiros significa que, em 2 anos o seu aparelho terá uma desvalorização considerável, não sendo tão significativo nos anos seguintes.

Portanto, pode ser que compense, financeiramente falando, você trocar o seu iPhone logo nos 2 primeiros anos para não ter uma grande desvalorização do produto.

Ele trava o tempo inteiro

Esse é um dos sinais que o aparelho pode apresentar com o passar do tempo. O celular trava em alguma tela ou mesmo na hora de acessar coisas básicas, como o menu de opções.

O travamento normalmente é o primeiro sinal de que é o momento para trocar de iPhone. Só que o problema também pode estar no sistema operacional, portanto, verifique isso antes.

O iPhone está esquentando

O primeiro passo é verificar a causa do aquecimento. Pode ser por alguns hábitos, como deixar o aparelho dentro da bolsa, do carro,  ou do bolso por muito tempo, ou por ficar exposto aos raios solares.

O celular realmente esquenta quando usamos o GPS ou jogamos. Isso ocorre porque o aparelho precisa realizar diversos cálculos, e, para isso, ele precisa utilizar a energia elétrica da bateria e transformá-la em energia térmica. Mas, se mesmo sem utilizar essas ferramentas ele esquenta, então pode ser o caso de procurar a assistência especializada.

A bateria acaba rápido

Um outro problema que costuma aparecer com frequência quando é hora de trocar de iPhone, é a bateria que acabar muito mais rápidoque o normal. Mas o que seria normal? Afinal de contas, sabemos que o uso da internet consome muito da bateria e que cada pessoa tem um ritmo e uma rotina diferente.

Nesse caso, o ideal é fazer um teste com a bateria em estado neutro: o seu iPhone deve estar ligado, com a tela bloqueada e com as funções que mais consomem a bateria – WiFi, GPS e Bluetooth – desligadas. A bateria deve ser carregada até 100%, depois disso, ative o “modo avião” para desabilitar de fato todas as funções. Agora, basta deixar que ele descarregue naturalmente durante 12 horas.

Agora vem a prova final. Após as 12 horas, verifique se o descarregamento passou dos 30%. Se isso aconteceu, então é sinal de que a sua bateria já não está funcionando tão bem. Nesse caso, você pode optar por trocar apenas a bateria e não o aparelho por completo.