Você sabe como funciona a garantia do iPhone? Na compra de um produto, muitas vezes, não atentamos muito bem às condições que fazem parte dela.

Pensando nisso, escrevemos este texto comentando sobre a garantia do iPhone no Brasil! Continue lendo e aprenda um pouco mais com a gente!

Como funciona?

O iPhone é um aparelho que possui garantia mundial. Porém, existem algumas exceções. Modelos que são fabricados em um país nem sempre são iguais mundialmente. Diferenças tecnológicas acabam criando distinções. Por isso, você deve estar atento a qual é o modelodo seu iPhone e se ele é fabricado no Brasil. Assim você terá direito à garantia do iPhone aqui.

O iPhone possui garantia de 1 ano (12 meses). Além disso, pagando uma taxa ela pode ser estendida, chegando a até 3 anos. Você pode ficar por dentro da garantia do seu aparelho fazendo uma consulta pelo site ou Suporte Apple: 0800 761 0880.

Quais problemas a garantia do iPhone cobre?

Você poderá recorrer à garantia do iPhone nas situações seguintes:

  1. problemas no software: nessa condição, é permitido buscar a garantia desde que o aparelho não possua alteração. Algumas pessoas fazem Jailbreak no iPhone. Esse método é utilizado por hackers para instalar aplicativos não oficiais. Portanto, fazer isso é perder, automaticamente, a garantia do iPhone;
  2. defeitos de fabricação: rachaduras na tela e outros problemas podem ocorrer devido ao processo de fabricação do iPhone. Eles serão cobertos devidamente pela garantia da Apple;
  3. problema de hardware: esse é detectado quando seu aparelho trava ou apresenta algum “bug. Nesse caso, é só contactar a assistência da Apple;
  4. problemas físicos: a garantia cobre o mau funcionamento em botões de comando e outras alterações no aparelho.

O que não cobre?

Em algumas condições, a assistência da Apple NÃO aceita a garantia. Isso envolve aspectos ligados ao mal-uso do aparelho, por isso, é sempre bom cuidar bem do seu iPhone.

Situações em que a garantia do iPhone não será coberta:

  1. dano físico: quedas, telas quebradas, partes amassadas, displays quebrados, entre outros, podem ser percebidos pela assistência da Apple e invalidam a garantia;
  2. contato com líquidos: o iPhone possui um modo de constatar o contato do aparelho com líquidos. Sabe o local onde plugamos o fone? Pois é, ele fica vermelho se tiver contato com a água. Essa mudança de cor anula a garantia do aparelho. Portanto, tome cuidado e não o deixe se molhar;
  3. alterações no iPhone: caso deseje manter a garantia do seu aparelho, o melhor a se fazer é não alterá-lo de forma alguma. Sendo assim, é muito importante que você se lembre: se o seu iPhone ainda estiver na garantia, busque a assistência da Apple, não tente consertá-lo de outra forma. Em alguns países, como nos Estados Unidos, o consumidor tem o direito a reparo sem perder a garantia. Isso ocorre porque a própria empresa não dá conta de atender todos os consumidores. Mas, aqui no Brasil, isso ainda não acontece;
  4. bateria desgastada: a garantia da Apple cobrirá sua bateria se ela estiver realmente com defeito. Porém, em casos de desgaste natural a empresa sugere a troca.

Mesmo que seu aparelho não possua garantias você pode entrar em contato com a Apple e o custo do reparo dependerá do modelo do seu iPhone e do dano. A assistência avaliará e farão um orçamento para você!

Como acionar a garantia do iPhone?

Para acioná-la não é necessário nem ter a nota fiscal do aparelho, você sabia disso? Os dados estão no sistema e podem ser acessados sem nota. Para conseguir o serviço, você deve entrar em contato com a Apple pelo site ou ligando para o suporte. Além disso, procure saber onde há uma loja autorizada perto de você. Se não houver nenhuma, terá a opção de enviar via correio e o serviço será prestado normalmente!

E aí, gostou do texto? Conseguiu entender melhor como funciona a garantia do iPhone? Então curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos novos posts!