Além da sensação de insegurança, perder seu celular em um assalto causa prejuízos financeiros. Porém, com a tecnologia de segurança da Apple, você pode tentar recuperar seu iPhone roubado.

O iPhone possui ferramentas que mantêm seus dados protegidos e conta com a possibilidade de rastrear o aparelho roubado em tempo real. Vamos mostrar, agora, como isso é possível.

As primeiras medidas a serem tomadas

A primeira providência a ser tomada no caso de iPhone roubado ou furtado é fazer um boletim de ocorrência em uma delegacia. Dependendo de onde você mora, pode registrar a ocorrência de forma on-line.

Assim como quando alguém perde o celular, se você tiver seu iPhone roubado, comunique , o quanto antes, à empresa de telefonia.

Informando o seu número de telefone e o documento do titular, a prestadora consegue bloquear o número. Você poderá transferi-lo para um telefone novo ou pode utilizá-lo novamente no aparelho, caso recupere seu iPhone.

Se possível, tente fazer, imediatamente, o logout remoto das contas conectadas ao seu iPhone roubado. O Gmail, por exemplo, permite que você remova o login do aparelho, através da página do e-mail.

Como rastrear o iPhone roubado e bloquear o acesso de terceiros

É possível fazer o rastreamento do iPhone através do iCloud. Se o modo Buscar iPhone estiver ligado, os procedimentos serão mais fáceis.

Com o Buscar iPhone ativado

Para rastrear o iPhone roubado através do iCloud, você precisa iniciar uma sessão no icloud.com/find através de qualquer computador ou do app Buscar iPhone de outro iOS.

Com a sessão iniciada, selecione o aparelho que você está procurando e verifique a localização dele no mapa. Lembrando que você não deve procurar pelo iPhone sozinho! Busque sempre a ajuda da polícia.

Você pode ainda ativar um comando para reproduzir um som no iPhone roubado. Dessa forma, você vai conseguir localizá-lo com mais facilidade se estiver próximo a ele.

Com o Buscar iPhone desativado

Se o Buscar iPhone não estiver ligado, troque sua senha do ID Apple e das outras contas cadastradas no aparelho. Assim, você bloqueia o acesso de outras pessoas ao iCloud.

Outra opção é ativar o Modo Perdido. Ele bloqueia o acesso do aparelho ao Apple Pay e permite o rastreamento do iPhone quando este tiver conexão com a internet.

Você pode, também, apagar seu aparelho. Se o iPhone estiver sem internet e sem a opção Buscar iPhone ativada, você pode optar por remover todos os dados internos, desde imagens até cadastros no Apple Pay.

Essa medida deve ser usada em um último caso, pois, uma vez selecionada, o iPhone roubado não consegue mais ser rastreado. No entanto, o Bloqueio de Ativação é ativado, não permitindo que outras pessoas usem o aparelho.

Essas opções são válidas para evitar que seus dados sejam compartilhados, mas, para facilitar o rastreamento, combine essas medidas com a busca no iCloud.

Aumente a segurança do seu iPhone

Se você tiver tomado algumas medidas de segurança antes de ter o iPhone roubado, você com certeza ficará mais tranquilo em relação ao seu armazenamento de dados.

Separamos algumas dicas para você aumentar a proteção do seu aparelho e evitar maiores preocupações caso perca seu aparelho ou tenha o iPhone roubado:

Use senhas fortes: senhas seguras são aquelas não sequenciais e difíceis de memorizar se você vê apenas uma vez. Tente fugir de datas de aniversário e de combinações simples.


Para alterar a senha, vá em Ajustes > Código. Lembre-se de nunca utilizar a mesma senha do ID Apple em outras contas. Isso aumenta a segurança dela.

Habilite o Touch ID: desde o modelo 5S, as telas dos iPhones podem ser desbloqueadas pela impressão digital, o que dificulta o acesso de quem pegar seu iPhone roubado.


A tecnologia de identificação com hardwares e softwares avançados é permitida pela resolução 600 ppi, que escaneia detalhes finos da digital.

É importante que, independentemente de o sistema de segurança ser por senha ou Touch ID, você configure o aparelho para exigir login de acesso imediatamente após a tela desligar.

Configure seguindo os passos: Ajustes > Touch ID e Código > Exigir Código > opção Imediatamente.

Desative o acesso com tela bloqueada: se quem roubou seu aparelho tiver acesso à central de controle, poderá colocar o iPhone roubado em Modo Avião e não será possível rastreá-lo.


Para desabilitar esse recurso, vá em Ajustes > Central de Controle. Encontre a opção Acesso na Tela Bloqueada e desative a função.

Deixe anotado o número do seu IMEI: IMEI é um código de identificação único de cada iPhone. Você pode encontrá-lo no próprio celular e na caixa do aparelho.
É interessante você ter o IMEI em mãos para casos de perda, dano ou roubo. Alguns serviços de recuperação de iPhone também precisam da confirmação desse código.

Ative o Buscar iPhone: a função Buscar iPhone pode ser ativada a qualquer momento. É muito importante deixá-la sempre habilitada.

Além de não interferir em nada no desempenho do aparelho, o recurso de proteção permite que, caso tenha o iPhone roubado, você formate o aparelho remotamente, evitando que qualquer pessoa tenha acesso a suas informações.

Como já falamos anteriormente, para ativar o Buscar iPhone, vá em Ajustes > iCloud > Buscar iPhone.

Utilize a autenticação em dois fatores:

Essa camada adicional de segurança tem o objetivo de garantir que só você tenha acesso a sua conta da Apple, mesmo que outra pessoa saiba a senha.

Até os modelos com sistema iOS 9, era usada a verificação em duas etapas. A ideia era, mais ou menos, de pedir outros dados para verificação de senha.

Porém, atualmente, existe a autenticação em dois fatores. Diferente da tecnologia anterior, essa autenticação é ligada diretamente aos sites da Apple e ao iOS, aumentando sua segurança.

Se o seu aparelho possuir iOS 11 ou superior e a verificação em duas etapas estiver ligada, sua conta será automaticamente atualizada para autenticação em dois fatores.

Caso precise mudar manualmente, siga os passos abaixo para desativar a verificação em duas etapas.

Inicie sessão na páginaID Apple > Segurança > Editar > Desativar verificação em duas etapas > Confirmar > Criar outra pergunta de segurança > Verificar data de nascimento.

Para ativar a autenticação de dois fatores a partir do iOS10.2, acesse: Ajustes > iCloud > ID Apple. Para versões de iOS anteriores, vá em: Ajustes > [seu nome]. Na opção Senha e Segurança , ative a Autenticação de Dois Fatores.

Agora você sabe quais as medidas a serem tomadas para evitar ainda mais dor de cabeça se tiver seu iPhone roubado. Para mais dicas sobre segurança dos aparelhos Apple ou para saber das principais novidades do mercado, fique de olho nos textos da iCaiu!

Leia também: Seguros para celular: aprenda a escolher o melhor para você