Você cuida bem de seus pertences ou é do tipo distraído? Por mais que você tome conta de seus objetos, acidentes acontecem. Um mínimo deslize e pronto: seu celular ou tablet cai no chão e fica danificado.

Mas calma! Não é preciso se desesperar. Afinal, a tela do iPhone quebrada tem solução e ela pode estar mais próxima do que parece.

Antes, porém, é necessário prestar atenção a alguns detalhes que podem ajudar bastante a lidar com esse problema.

Quer saber mais sobre o assunto e solucionar esse infeliz conveniente? Continue lendo o post!

Como a tela do iPhone ficou quebrada?

Sim, essa situação é bem chata! Você optou por adquirir um produto de maior qualidade e, mesmo assim, ele quebrou.

Para ter noção do que fazer, é importante que você saiba o porquê da tela do iPhone estar quebrada. Existem várias causas possíveis para isso acontecer:

  • o smartphone ou o iPad caiu no chão;
  • a bateria “inchou” e está prejudicando o funcionamento do LCD;
  • a tela simplesmente descolou do aparelho.

Pode parecer bobagem, mas ter esse conhecimento já agiliza uma boa parte do processo de conserto.

O que fazer com a tela do iPhone quebrada?

Antes de qualquer coisa, esqueça as soluções caseiras, do gênero faça você mesmo. Sua conta bancária sabe muito bem quanto trabalho deu para investir em um celular tão bom. Por que colocar o seu sonho de consumo em um risco maior ainda?

O ideal é buscar por quem entende do assunto e tem os meios necessários para consertar seu aparelho. Acredite: não é qualquer tutorial espalhado na internet que pode ajudar você!

Portanto, já que a tela quebrou, não é hora de ter uma dor de cabeça a mais, certo? Sendo assim, recorra a uma assistência técnica. Ela deve ter profissionais capacitados justamente para lidar com esse tipo de imprevisto.

Qual assistência técnica escolher?

O último passo para resolver a tela do iPhone quebrada é acertar na escolha da assistência. São eles que cuidarão do seu smartphone.

Em termos resumidos, existem três categorias. Veja:

Assistência oficial

É o próprio fabricante que se propõe a consertar o produto. Não é uma opção vantajosa, porque, além de ser a mais cara, leva muito tempo para realizar o serviço.

Assistência autorizada

Também não é uma boa escolha. São empresas terceirizadas, que têm a autorização da marca para fazer consertos. Os preços não são convidativos e a disponibilidade é insuficiente, fazendo com que a devolução demore uma vida.

Assistência especializada

Trata-se da melhor alternativa, porque tem os preços mais atrativos. Mas fique de olho: não são todas que valem a pena! Dê preferência a quem tem o serviço bem avaliado por outros consumidores e se comprometa a devolver seu telefone em até 1 hora.

Outro ponto que merece atenção é a garantia oferecida, pois muitas assistências são rápidas, mas não garantem a integridade do serviço.

Seguindo essas dicas, a tela do iPhone quebrada logo voltará a funcionar e você não perderá nenhuma oportunidade por ter ficado sem celular.

E aí, gostou do texto? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário! Nós adoraremos ler