3 coisas que uma assistência técnica não pode fazer

Muito se fala sobre as vantagens de uma assistência técnica para dispositivos Apple, mas o que uma assistência NÃO pode fazer? Confira!

Publicado em: , por Lucas Eliel

Quando o seu iPhone é danificado devido àquele tombo ou quando, após alguns anos de uso, o desgaste natural faz com que ele comece a apresentar problemas, é sinal que é hora de levar o nosso amigo para uma assistência técnica.

Uma assistência técnica Apple especializada é o melhor recurso utilizado por usuários dos dispositivos Apple — por serem locais confiáveis para prolongar a sua vida útil. E você sabe por que?

Simples, assistências técnicas Apple especializadas, como a iCaiu, são ideais porque possuem todas as capacidades técnicas e de importação ou compra de peças originais para realizar o reparo da melhor forma possível.

Apesar de serem os locais ideais quando seu aparelho está passando por momentos difíceis, nem mesmo elas têm o poder para mudar algumas coisas. Preparamos aqui uma lista de três coisas que uma assistência técnica, ainda que especializada Apple, não pode fazer. Vamos conferir?

1 – Mentir para que sua garantia não seja perdida

Por mais legais que sejam os clientes, e por mais que os técnicos tenham a intenção de sempre ajudar o usuário no que for possível, essa é uma área onde o famoso “jeitinho brasileiro” não tem espaço.

Usuários que compraram iPhones novos têm, por direito, garantia de um ano para reparos ou consertos do aparelho. Essa garantia, porém, é perdida caso os danos sejam causados por acidentes — como quedas ou contato com a água — ou modificações não autorizadas.

Garantia da Apple é perdida quando os danos são causados por acidentes. Fonte: Pexels

Vale lembrar que, ainda que o defeito não tenha relação com essas modificações não autorizadas, ainda assim a garantia será perdida.

Quando isso acontece, a assistência técnica não pode mentir ou omitir esse fato. Quando se realiza algum reparo dentro do prazo de garantia, a assistência deve realizar um relatório do aparelho em questão e enviá-lo para a Apple. 

Afinal, a maçã monitora os defeitos mais recorrentes de seus produtos. A honestidade no envio de informações é um dos pontos cruciais para que a assistência técnica continue com o selo de confiança. Portanto, sem mentiras. O melhor a se fazer é sempre não realizar modificações ou reparos caseiros.

2 – Estender a garantia para peças substituídas

Ao realizar um reparo que inclua a troca de peças, uma assistência técnica autorizada não pode estender a garantia dessa peça para além de três meses. Essa, na verdade, é a garantia que a própria Apple oferece. Portanto, trata-se de normas da fabricante e não da assistência técnica.

Assistência técnica deve prezar pelo Código de Defesa do Consumidor. Fonte: Pixabay

Essa regra, claro, só é exceção quando a garantia do aparelho superar os três meses de garantia da peça substituída. Nesse caso, de acordo com o próprio Código de Defesa do Consumidor, vale a garantia mais longa entre as duas.

3 – Desbloquear senhas para terceiros

Uma assistência técnica não pode dar acesso ao iPhone para outra pessoa. Isso significa que se você quer ver o que tem no celular do seu namorado ou namorada, a assistência técnica não é uma opção. Pode parecer pouco provável, mas situações assim não são tão impossíveis de acontecer.

O mesmo vale para acessar arquivos pessoais, instalar aplicativos espiões ou alterar quaisquer funcionalidades do aparelho que não sejam para fins de reparos ou consertos.

Assistência técnica deve trabalhar com ética e respeito ao proprietário do aparelho. Fonte: Pexels

Agora que você já sabe quais são as 3 coisas que uma assistência técnica não pode fazer, que tal compartilhar este conteúdo com os seus amigos e amigas?

E se você ainda não assinou a nossa newsletter, a hora é agora: inscreva-se de forma gratuita e receba o melhor conteúdo em português sobre o Universo Apple com a iCaiu. Até mais!

Mais Notícias

Todos os posts carregados