Conheça o Apple Car, projeto de carro autônomo da maçã

A fabricante do iPhone está investindo no segmento automotivo e deve lançar um veículo autônomo e elétrico nos próximos anos.

Publicado em: , por Bia Lemos

A Apple tem se dedicado a uma nova empreitada desde 2014: o desenvolvimento de um veículo elétrico e autônomo. Apelidado internamente de Projeto Titan, o Apple Car reúne cerca de 1.000 funcionários, incluindo ex-colaboradores da Tesla. Ao longo dos anos, mudanças de lideranças e conflitos entre os desenvolvedores atrasaram os planos da maçã, mas existem indícios fortes de que esses problemas foram resolvidos e que o carro será lançado daqui 3 ou 6 anos, de acordo com o portal MacRumors.

Embora a projeção mais animadora aponte para o lançamento daqui poucos anos, há ainda muitas barreiras até que a empresa chegue a um modelo ideal. 

De acordo com uma matéria publicada em dezembro pela Reuters, a ideia da maçã é fechar parceria com alguma montadora para construir o veículo. Assim, a californiana ficaria responsável apenas pelo sistema de direção autônoma.

Investimento bilionário

Em janeiro deste ano, rumores sugeriam que Apple estava em processo de negociação com fornecedores de componentes eletrônicos para veículos. Como a gigante não se pronunciou, ainda pairam muitas dúvidas sobre o tema. 

Reforçando os rumores que ganharam força no fim de 2020, uma importante mídia coreana afirmou que a Apple e a Hyundai estariam estudando uma possível parceria. A montadora confirmou a informação, mas voltou atrás e retirou a menção à Apple de seu comunicado. 

De acordo com o site coreano, a maçã teria investido US$ 3,6 bilhões na Kia, afiliada da Hyundai. O montante seria destinado a construção de instalações destinadas a montagem dos veículos da Apple.

Autonomia

Segundo Ming-Chi-Kuo, analista da Apple, o chassi do veículo da maçã será baseado na E-GMP (Eletric Global Modular Platform), plataforma elétrica lançada pela Hyundai em 2020 que utiliza até dois motores, suspensão traseira de cinco elos, eixo de tração integrado e células de bateria que fornecem alcance de 500 km com carga total e podem ser carregadas em até 80% em 18 minutos através do sistema de carregamento de alta velocidade. O modelo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 3,5 segundos.

De acordo com Ming, a Apple pode desenvolver veículos também com outras montadoras, como a PSA e a GM.

A Apple iniciou os testes do sistema e enviou para a o órgão responsável pela segurança rodoviária dos Estados Unidos, uma sugestão de alteração na legislação vigente no país, a fim de receber autorização para realizar seus testes em vias públicas. Em 2017, a Apple foi incluída na lista de empresas com permissão para testar carros autônomos na Califórnia. 

Ainda não há projeções de quanto o novo brinquedinho da maçã custará, mas especialistas apostam que o primeiro veículo da Apple terá como público-alvo consumidores de alto poder aquisitivo, que consomem produtos super premium. 

Mais Notícias

Todos os posts carregados