Apple é indicada a 35 prêmios Emmy e leva 7 estatuetas

A série de comédia Ted Lasso foi responsável por 20 das nomeações Já falamos neste […]

Publicado em: , por Bia Lemos

A série de comédia Ted Lasso foi responsável por 20 das nomeações

Já falamos neste texto aqui sobre as séries incríveis da Apple TV +. Embora o streaming da maçã não seja tão popular quanto os demais, o catálogo tem títulos de sucesso, como The Morning Show e Ted Lasso. Esse último, aliás, fez com que o serviço de entretenimento por assinatura alcançasse outro patamar. Isso porque das 35 indicações da Apple ao Emmy Award, 20 foram sobre Ted Lasso! Um feito inédito para a Apple.

A produção se tornou a série de comédia mais indicada da história durante seu primeiro ano de exibição. Ted Lasso concorreu nas seguintes categorias: melhor série de comédia, melhor ator em série de comédia (Jason Sudeikis), melhor atriz coadjuvante em série de comédia (Hannah Waddingham e Juno Temple), melhor ator coadjuvante em série de comédia (Brendan Hunt, Brett Goldstein, Jeremy Swift e Nick Mohammed), três indicações a melhor direção de série de comédia, duas de melhor roteiro e duas de melhor edição.

As grandes vencedoras da 73ª edição do Emmy Awards, realizada em Los Angeles, foram The Crown, obra baseada em fatos reais e históricos da coroa britânica (Netflix, 11 prêmios) e Ted Lasso, que recebeu 7 estatuetas. A Apple também foi indicada ao Premiere Emmy Award deste ano por outras 10 séries.

“Desde o lançamento, há menos de dois anos, o que mais nos anima talvez seja ver séries como ‘Ted Lasso’, ‘Mythic Quest’, ‘Central Park’, ‘Billie Eilish: The World’s A Little Blurry’, ‘Servant’ e muitas outras envolvem o público do mundo todo com tanta intensidade”, disse Zack Van Amburg, head of Worldwide Video da Apple, em comunicado direcionado à imprensa. 

“Ouvir sobre as histórias dos espectadores que se sentiram tocados pelos personagens brilhantes e sobre os caminhos que percorrem com eles ainda nos fascina. Nós da Apple parabenizamos todos os envolvidos na criação dessas histórias únicas por esse destaque merecido”, concluiu.

Confira abaixo a lista completa das 35 indicações recebidas pela Apple:

  • Melhor Série de Comédia: “Ted Lasso”
  • Melhor Ator em Série de Comédia: “Ted Lasso”, Jason Sudeikis
  • Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia: “Ted Lasso”, Brett Goldstein
  • Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia: “Ted Lasso”, Brendan Hunt
  • Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia: “Ted Lasso”, Nick Mohammed
  • Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia: “Ted Lasso”, Jeremy Swift
  • Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia: “Ted Lasso”, Juno Temple
  • Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia: “Ted Lasso”, Hannah Waddingham
  • Melhor Fotografia de Série com Câmera Única (Meia Hora): “Servant”
  • Melhor Direção de Série de Comédia: “Ted Lasso”, Zach Braff
  • Melhor Direção de Série de Comédia: “Ted Lasso”, M.J. Delaney
  • Melhor Direção de Série de Comédia: “Ted Lasso”, Declan Lowney
  • Melhor Roteiro de Série de Comédia: “Ted Lasso”, Piloto
  • Melhor Roteiro de Série de Comédia: “Ted Lasso”, “Rebecca Grande Novamente”
  • Melhor Elenco em Série de Comédia: “Ted Lasso”
  • Melhor Música de Abertura: “Ted Lasso”
  • Melhor Design de Produção de Série Narrativa (Meia Hora): “Ted Lasso”
  • Melhor Edição de Som em Série de Comédia ou Drama (Meia Hora) e Animação: “Ted Lasso”
  • Melhor Edição de Fotografia de Série de Comédia com Câmera Única: “Ted Lasso”, A.J. Catoline
  • Melhor Edição de Fotografia de Série de Comédia com Câmera Única: “Ted Lasso”, Melissa McCoy
  • Melhor Mixagem de Som em Série de Comédia ou Drama (Meia Hora) e Animação: “Ted Lasso”
  • Melhor Edição de Fotografia de Série de Não Ficção: “Billie Eilish: The World’s A Little Blurry”
  • Melhor Direção de Música: “Billie Eilish: The World’s A Little Blurry”
  • Melhor Edição de Som de Série de Não Ficção ou Reality (Com Uma ou Mais Câmeras): “Billie Eilish: The World’s A Little Blurry”
  • Melhor Mixagem de Som de Série de Não Ficção ou Reality (Com Uma ou Mais Câmeras): “Billie Eilish: The World’s A Little Blurry”
  • Melhor Dublagem: “Central Park”, Stanley Tucci
  • Melhor Dublagem: “Central Park”, Tituss Burgess
  • Melhor Narração: “Mythic Quest”, Anthony Hopkins
  • Melhor Edição de Som em Série de Comédia ou Dramática (Meia Hora) e Animação: “Mythic Quest”
  • Melhor Documentário ou Especial de Não Ficção: “Boys State”
  • Melhor Direção de Documentário/Série de Não Ficção: “Boys State”
  • Melhor Narração: “The Year Earth Changed”, David Attenborough
  • Melhor Maquiagem Contemporânea para Série de Variedade, Não Ficção ou Reality (Sem Prótese): “O Natal Mágico de Mariah Carey”
  • Melhor Mixagem de Som para Série de Variedade ou Especial: “Bruce Springsteen’s Letter to You”
  • Melhor Série de Comédia, Drama ou Variedade de Curta Duração: “Carpool Karaoke: The Series”

Mais Notícias

Todos os posts carregados