Comparativo iPhone 7 Plus vs iPhone 8 Plus. Qual a melhor escolha?

Com design semelhante, iPhones 7 Plus e 8 Plus são aparelhos com desempenho excelente e recursos de tirar o fôlego — resta saber qual deles levar pra casa.

Publicado em: , por Thaís Augusto

Comparativo iPhone 7 Plus e iPhone 8 Plus. Superfície com vários iPhones

Saiba quais são as diferenças entre os dois aparelhos e se vale a pena investir no modelo mais avançado da Apple

RESUMO DA NOTÍCIA:

  • Apesar do design quase idêntico, iPhones 7 Plus e 8 Plus têm mudanças que impactam na experiência de uso do usuário
  • Para economizar, consumidores deixam de lado modelos mais avançados, como iPhone X e 11, e apostam na compra de modelos mais simples
  • iPhones seminovos podem ser alternativa para os que buscam qualidade e preço baixo

Todo ano, a Apple surpreende o mundo com lançamentos inovadores, mas que nem sempre cabem no bolso do consumidor. Foi assim que os usuários do iOS acabaram adotando uma nova estratégia: aguardar o início das vendas dos novos iPhones para ver o preço dos antecessores cair. Para quem precisa economizar, a melhor alternativa ainda é comprar o iPhone 7 Plus ou 8 Plus, mas qual a vantagem de cada modelo?

Podemos simplificar dizendo que o iPhone 8 Plus carrega quase o mesmo hardware do irmão mais velho, o iPhone X, mas com um design “das antigas”. Vale lembrar que o hardware são os componentes físicos do dispositivo, como a memória RAM, e determinam a potência do seu smartphone. Enquanto isso, o 7 Plus sai na frente se estivermos comparando preços de iPhones seminovos.

Lembrando que ambos iPhones estão na lista para receber o novo sistema operacional da Apple, o iOS 14. A seguir, leia o comparativo e saiba qual o melhor smartphone para você:

Design

Quase nada muda entre o design dos iPhones 7 Plus e 8 Plus. Na época de lançamento dos aparelhos, a Apple ainda não havia abandonado as bordas largas, o botão Home e nem adotado o notch, recorte na tela frontal do dispositivo.

O design “antigo” pode desagradar alguns usuários. É bom ressaltar que a maioria dos smartphones concorrentes ao iPhone 7 Plus e 8 Plus deixaram de lado as bordas e botão físico há algum tempo.

O design do iPhone 7 Plus (esquerda) e do iPhone 8 Plus (direita) é quase idêntico. Foto: Apple

Com um corpo de metal, o iPhone 7 Plus é mais resistente a quedas, mas o vidro do 8 Plus ganha no quesito beleza. Mesmo com a garantia da Apple de que o componente é o melhor do mercado, testes de queda mostram o vidro quebrar com facilidade. Além disso, o material é mais sensível a riscos. Com o alumínio do 7 Plus, o perigo não existe — ponto para a versão mais nova do iPhone.

Outra desvantagem do 8 Plus é o peso: são 202 gramas, o que pode causar certo desconforto para os usuários. A versão anterior do iPhone tem 188 gramas.

Tela

Os dois iPhones têm uma tela de 5,5 polegadas e resolução Full HD, mas uma pequena mudança no painel do 8 Plus permite que o iPhone alcance um brilho maior.

Já o ângulo de visão dos iPhones permanece igual e usuários podem notar uma pequena perda de brilho ao desalinhar a tela do aparelho com o campo de visão — ainda assim, a mudança não atrapalha a visualização do conteúdo.

Entretanto, um recurso importante da Apple não chegou ao iPhone 8 Plus: o Face ID, sistema de reconhecimento facial que permite o desbloqueio do aparelho e também serve para confirmar pagamentos e transações.

Câmera

Tanto o iPhone 7 Plus quanto o 8 Plus têm a mesma configuração de câmera: duas lentes de 12 MP na traseira, estabilização óptica de imagem e zoom 2x. Aqui, o diferencial é que o 8 Plus permite a gravação de vídeos em 4K a 60 quadros por segundo. Se comprar o iPhone 7 Plus, o usuário acaba limitado a 30 quadros por segundo.

iPhone 8 Plus consegue entregar fotos mais limpas e com menos ruídos. Foto: Patrick Holland / CNET

Outra vantagem do iPhone 8 Plus é que ambos sensores da câmera traseira têm recurso de detecção de face. No 7 Plus, apenas o sensor principal recebe a funcionalidade. Para a câmera selfie, a Apple equipou os dois smartphones com uma lente de 7 megapixels com capacidade de gravação em Full HD.

Resultado de selfies tiradas com o iPhone 7 Plus (esquerda) e iPhone 8 Plus (direita). Foto: Patrick Holland / CNET

Apesar das especificações similares, um novo sensor e ajustes na calibração da câmera do iPhone 8 Plus permite que o aparelho capture fotos mais limpas e com menos ruídos, especialmente em imagens noturnas.

Bateria

No quesito, o iPhone 8 Plus perde para o antecessor. Enquanto o dispositivo mais atual da Apple tem 2.691 mAh, o antigo vem com 2.900 mAh — a medida representa o tempo de autonomia da bateria.

Mas a Apple tem uma explicação: como é equipado com o chipset A11 Bionic, o iPhone 8 Plus reduz o consumo energético. Isso significa que o aparelho consegue segurar a carga por mais tempo.

Por outro lado, os dois smartphones demoram mais de 3h para recarregar totalmente. Para os mais apressadinhos, uma informação valiosa: o iPhone 8 Plus recebeu suporte a base de recarga sem fio, um acessório mais potente que o carregador comum. Mas a notícia pode não agradar a todos porque, além de caro, o lançamento significa que o carregador de parede do iPhone não acompanhou as melhorias da marca.

iPhone 8 Plus ganha suporte a carregamento sem fio, mas acessório custa a partir de R$ 799. Foto: Apple

Desempenho

O iPhone 8 Plus é equipado com o poderoso chipset da Apple, o A11 Bionic. Com dois núcleos de alta performance, o chipset é ideal para tarefas pesadas como a execução de games. Ao mesmo tempo, outros quatro núcleos seriam responsáveis por agilizar ações básicas como abrir aplicativos e navegar pela internet.

Só que as mudanças não são tão expressivas assim: testes realizados ao longo dos últimos anos não conseguiram detectar um salto de desempenho entre os iPhones 7 Plus e o 8 Plus. Os dois dispositivos têm 3 GB de RAM e aguentam rodar a mesma quantidade de aplicativos em segundo plano.

Conclusão

Na prática, o iPhone 8 Plus recebeu apenas pequenas melhorias em relação ao irmão mais novo. Antes, isso poderia deixar o usuário perdido: afinal, pagar mais caro por um smartphone um pouco melhor ou comprar o iPhone 7 Plus e perder atualizações?

Chipset A11 Bionic promete alta performance, mas diferença não é expressiva. Foto: Apple

Mas agora o cenário mudou: três anos depois do lançamento do iPhone 8 Plus, o preço dos dois modelos nunca ficou tão próximo. Na verdade, os consumidores até enfrentam dificuldade em encontrar revendedores que comercializam o iPhone 7 Plus.

Na internet, o usuário pode comprar o iPhone 8 Plus de 128GB por R$ 3.699 na promoção ou R$ 3.999 em dias normais. Enquanto isso, o 7 Plus de 128GB é vendido por R$ 3.999 na mesma loja virtual — não, a gente não escreveu errado.

Se quiser uma versão mais enxuta do 7 Plus, com 64GB, você não paga menos de R$ 3.000. Ficou caro? Outra alternativa é investir num iPhone usado. Nesta matéria, listamos as vantagens de um seminovo.

Em sites para a compra de iPhones usados, o 7 Plus de 128GB custa R$ 2.325. Já o modelo 8 Plus, com a mesma capacidade de armazenamento, é encontrado a partir de R$ 2.640. Isso significa uma economia de até R$ 1.359, como você pode conferir aqui.

Vale lembrar que iPhones seminovos de lojas confiáveis são vendidos com garantia e passam por análise para verificação de defeitos.

Se você gostou desse comparativo e de outros artigos em nosso canal, assine nossa newsletter e compartilhe com seus amigxs.

Mais Notícias

Todos os posts carregados