iPhone pode compartilhar suas informações de saúde com serviços de emergência

Uma atualização do aplicativo Saúde para o iPhone permite que serviços de emergência tenham acesso a dados médicos de paciente durante primeiros socorros.

Publicado em: , por Thaís Augusto

Profissional de saúde segurando um iPhone mostrando o aplicativo Saúde

Recurso do aplicativo Health, ou Saúde nos devices em portugues, disponibiliza a socorristas dados como tipo sanguíneo e doenças pré-existentes

RESUMO DA NOTÍCIA:

  • Usuários do iPhone podem cadastrar Ficha Médica com informações de saúde, que ficam disponíveis em casos de emergência
  • Socorristas conseguem verificar dados da vítima pela Tela de Bloqueio do iPhone
  • Novo recurso está disponível no aplicativo Health

Com o surgimento de novos devices, a tecnologia vem se tornando cada vez mais indispensável para o dia a dia. E, em casos de emergência, ela pode ser especialmente valiosa para evitar equívocos médicos. É o que propõe o novo recurso de Ficha Médica do aplicativo Health — Saúde para nós brasileiros — , disponível para iPhones.

Usuários podem atualizar a Ficha com informações de saúde incluindo tipo sanguíneo, alergias, doenças pré-existentes, medicamentos, além de contatos de emergência, peso e altura.

Assim, em casos de emergência, o iOS consegue compartilhar informações relevantes do usuário com os socorristas responsáveis pelo primeiro atendimento — recurso ainda mais importante se a vítima estiver inconsciente.

No Brasil, além da Ficha Médica, os usuários podem usar um atalho para telefonar a serviços de emergência, como polícia e bombeiros. Para acionar, pressione um botão lateral + botão de volume até o controle deslizante SOS de Emergência ser exibido na tela.

Depois de executar a ligação, o aplicativo Health usa os dados previamente cadastrados para alertar contatos de emergência com uma mensagem de texto. No modo SOS, o app atualiza constantemente os contatos com a localização do usuário.

No cenário brasileiro, os socorristas têm acesso aos dados da Ficha Médica assim que chegam ao local de atendimento. Eles só precisam deslizar a Tela de Bloqueio do iPhone para a lateral, sem a necessidade de senha.

iPhone ligação para emergência
Para visualizar Ficha Médica, basta clicar na opção Emergência quando a tela estiver bloqueada. Foto: Apple

Nos Estados Unidos, onde o chamado Dados de Emergência Aprimorados funciona há alguns anos, o aplicativo Health consegue compartilhar os dados de usuários à distância com serviços locais de emergência, incluindo a localização e detalhes de saúde.

Lá fora, a Ficha Médica também pode ser acessada pelo Apple Watch. Neste caso, o recurso está diretamente conectado com a função de Detecção de Queda. Assim, ao perceber que o usuário caiu e permaneceu imóvel, o relógio inteligente liga automaticamente para o serviço de emergência e repassa dados de saúde e localização da vítima.

Configurando a Ficha Médica do app Apple Health

É importante manter o aplicativo Health atualizado em caso de eventualidades. Para adicionar informações na Ficha Médica, basta abrir o app e seguir o passo-a-passo:

  • Toque na aba Resumo do aplicativo Saúde;
  • Clique na foto de perfil para acesso às Configurações;
  • Em Detalhes Médicos, toque em Ficha Médica > Editar;
  • Insira suas informações de saúde, data de nascimento e outros dados pessoais;
Ficha média do aplicativo Saúde do iPhone
Tela para editar informações pessoais no app Apple Health. Foto: Apple
  • Em Contatos de Emergência, adicione número, nome da pessoa e tipo de relacionamento;
  • Para disponibilizar a Ficha Médica na Tela de Bloqueio do iPhone, ative a opção “Mostrar Quando Bloqueado”;
  • Toque em OK.

Compartilhamento de dados

Nos últimos anos, o compartilhamento de dados de usuários virou quase um tabu para as empresas de tecnologia. Desde o escândalo entre Facebook e a consultoria Cambridge Analytica, que revelou o compartilhamento ilegal de dados de milhões de usuários, a Apple vem se posicionando como uma marca que se importa e protege as informações privadas de seus clientes.

Nos Estados Unidos, onde a Ficha Médica dos usuários é, de fato, compartilhada com terceiros (ou melhor dizendo, com serviços de emergência), a Apple garante que as informações são criptografadas. Isso significa que, além de não ter acesso aos dados, os dispositivos iOS não conseguem ler as informações.

Além do mais, o usuário precisa aprovar previamente qualquer compartilhamento de dados nas Configurações do aplicativo Saúde. Mesmo a exibição da Ficha Médica na Tela de Bloqueio precisa ser ativada pelo dono do iPhone. E se quiser repassar os dados do app Saúde durante a ligação de emergência, o usuário também precisa habilitar a função de “Compartilhar durante chamada de emergência”.

Basta saber agora quando será que a Apple irá expandir a funcionalidade do aplicativo Saúde para compartilhar os dados com os serviços de emergência aqui no Brasil. Essa iniciativa pode ajudar a salvar muitas vidas por dar aos socorristas um tempo precioso para que estes possam fazer seu trabalho eficientemente.

Gostou dessa novidade? Então confira nosso artigo Conheça 4 aplicativos de saúde que você precisa ter no seu iPhone para turbinar seu iPhone e cuidar ainda mais de sua Saúde. Se você gostou desse e de outros posts aqui do nosso canal, não deixe de compartilhar com os amigos e de se inscrever em nossa newsletter.

Mais Notícias

Todos os posts carregados